Decoração de quarto de casal: veja como acertar na escolha

Acerte na decoração do seu ambiente com essas dicas.

O quarto é um dos ambientes mais notáveis entre os casados, porque é nele que o par tem tempo para relaxar e passar um bom tempo juntos. Escolher a decoração de quarto de casal é uma tarefa importante, porque este local deve ser funcional para ambos.

A diferença entre uma boa ou má escolha pode acarretar momentos agradáveis ou de conflitos constantes com o espaço.

Portanto, com a relevância, antes de começar a decoração de quarto de casal, é necessário avaliar com precisão o espaço livre e todas as medidas do local.

Da mesma forma, procure por referências de imagens em sites, sobre estilos e tendências decorativas. Assim, você definirá o que mais gosta e facilita a tomada de decisão.

Dessa forma, para te ajudar nessa etapa, preparamos esse texto com dicas sobre a decoração desse ambiente. Acompanhe a leitura e confira tudo!

Quarto para casal

Como o nome sugere, o ambiente é para dois. Então, precisará agradar e atender as necessidades de ambos.

Decoradores e arquitetos destacam que uma agradável decoração para um casal, é mais valorizada e torna o local funcional e confortável para o dia a dia.

O quarto do casal é um ambiente privado. É espaço muito íntimo que pode revelar muito da nossa personalidade.

E, é por isso que, quase nunca o abrimos aos visitantes. Sua atmosfera deve ser muito agradável e nos ajudar a nos sentirmos confortáveis ​​no local, sendo tranquilo para descansar. Com isso em mente, você pode imaginar como a decoração do quarto poderia ser?

Assim, esse cômodo deve ter um pouco estilo, personalidade e preferências. Para isso, ambos devem opinar sobre os objetos decorativos e móveis.

Principais móveis de decoração para quarto de casal

Ao escolher móveis para um quarto de casal, vários pontos precisam ser considerados. Então, aqui estão os principais móveis que você precisa levar em conta:

1 – Cama de Casal

A cama é o ponto focal do quarto. Sendo assim, tende a ser a primeira escolha de móvel. Considere o modelo, tamanho e acabamento.

Hoje, é possível encontrar no mercado, diversas opções e modelos diferentes, tais como:

  • Camas box: traz modernidade e comodidade a um quarto de casal;
  • Camas de madeira maciça: bonitas, elegantes e tradicionais, mas de alto valor;
  • Cama de madeira mista: pode ser mais barata que a cama de madeira maciça, porém um pouco mais frágil;
  • Camas de metal: práticas e duráveis, têm baixo valor. No entanto, eles podem começar a rachar com o tempo.

Qualquer que seja o modelo, observe o espaço livre para garantir a circulação no ambiente. Geralmente, o espaço mínimo precisa ser de 70 cm.

2 – Guarda Roupa

Um bom quarto de casal não é nada sem um bom guarda-roupa. Este é o local onde as roupas, sapatos e acessórios do casal serão guardados.

Tal como a cama, esse móvel do quarto de casal deve ter em conta o espaço disponível, mas também, a altura do quarto. Estes pontos evitarão surpresas desagradáveis ​​durante a montagem.

Não se esqueça de considerar, também, a quantidade de roupas e acessórios que precisam ser guardados nele. Se você tem muitas roupas, pode precisar de um armário maior, e vice-versa.

Num quarto com espaço reduzido, poderá ser necessário selecionar móveis à medida, para garantir uma utilização eficiente e confortável de todo o espaço disponível.

3 – Mesa de Cabeceira

Uma peça de mobiliário a considerar no quarto de casal é a mesa de cabeceira. Esse móvel tornou-se uma necessidade para todos.

A mesa de cabeceira permite utilizar o espaço disponível junto à cama, podendo guardar objetos pessoais como bijuteria, fotografias, óculos, livros, aparelhos eletrônicos, entre outros.

Quando o ambiente o permite, pode ser interessante utilizar essa peça em cada lado da cama. Dessa forma, ambos terão espaço para cada um de seus pertences e não haverá brigas por lugar e mistura de itens pessoais.

Mas, se o espaço for mais limitado, fique tranquilo, nada o impedirá de aproveitar os benefícios deste móvel em apenas um lado da cama.

4 – Poltronas

As poltronas são essenciais para enriquecer e valorizar a decoração de quartos de casal. Esses são os detalhes que tornam nossas casas únicas e aconchegantes, e que podem fazer toda a diferença em uma decoração. Eles atuam como um complemento ou peça central entre outros móveis.

Além disso, promovem grande conforto e contribuem para um ambiente mais sociável, ampliando o layout das instalações e valorizando a decoração do ambiente.

Por isso, na hora de escolher este móvel para a disposição do seu espaço, é fundamental ter em conta alguns fatores, tais como: pense no espaço disponível, o móvel fazer parte do ambiente e decoração, e claro, o seu conforto e prazer.

Devido a sua facilidade de adaptação, pode-se colocar tanto em ambientes mais compactos quanto em lugares maiores. Sendo mais coloridas ou neutras. As possibilidades que uma poltrona traz para enfeite são infinitas, e sua importância é inegável.

Normalmente, quando pensamos num ambiente pequeno, deixamos de lado as poltronas decorativas. Assim como podem substituir os sofás, também oferecem a opção de de compor diferentes lugares. Em grandes espaços, utiliza-se para completar um espaço vazio, agregando ao ambiente.

E se meu quarto tiver varanda?

Converta este lugar em um lindo jardim, um aconchegante home office ou, até mesmo, um recanto de leitura completo, com rede e almofadas. O lugar perfeito para tomar sol ou descansar.

Mesmo que tenha um quarto com pequena varanda, ainda é possível inovar e garantir um espaço acolhedor e cheio de beleza em cada detalhe.

Além de um quarto de casal bonito, algumas pessoas preferem uma varanda que deixe o ambiente mais confortável. Muitas pessoas transformam a varanda em um lugar para ler, relaxar e ficar à vontade.

Gostou desse conteúdo? Então, não deixe de acompanhar o nosso blog e conferir mais matérias como essa.

Te esperamos lá!

Rack para sala: saiba como escolher o ideal

Tudo que você precisa saber sobre esse móvel tão desejado.

Um importante aliado na decoração, o rack para sala é responsável por organizar o seu ambiente, bem como, atender a família quando for assistir filmes em casa, por exemplo. Mas, ele acaba sendo um móvel para qualquer outro ambiente (sim, você descobrirá que isso é possível). É importante ter certos critérios a levar em conta antes de comprar o seu.

O painel de TV é aquele capaz de embelezar e dar mais praticidade para a sala de estar. Porém, somente quando bem selecionado, com materiais de alta qualidade e ótimo acabamento.

Escolher esse item pode ser uma tarefa assustadora se você não souber o que procurar. Às vezes, você quer algo simples e acaba escolhendo opções que nada têm a ver com decoração. Outros, querem móveis mais grandiosos, mas exageram e, assim, o ambiente acaba ficando feio.

Então, nesse texto, vamos mostrar algumas dicas para te ajudar na hora da escolha. Está preparado? Continue a leitura e confira tudo!

1 – Tamanho do rack para sala

Comprar um móvel significa pegar sua trena e medir o espaço disponível. No caso da sala de estar, é bom considerar, também, itens essenciais como sofás e mesas.

O rack precisa ter, no mínimo, 15 cm de sobra ao redor da tela da televisão. Para que o suporte fique elegante e desempenhe o seu papel no espaço, é importante levar em consideração a relação entre o tamanho da TV e o ambiente.

Já pensou se o suporte chega à sua casa e não cabe no espaço ou é pequeno demais? Isso colocaria em risco toda a beleza da sua decoração. Além do mais, geraria uma certa frustração em você, por investir em um item que não combina com o seu interior, não é mesmo?

Então, antes de tudo, meça a parede onde vai ficar o seu rack e anote essas dicas. O suporte não pode ultrapassar o tamanho da sua parede e a sua largura mínima precisa ter (para que não pareça pequena para a sua sala), a distância entre um braço do seu sofá e o outro lado.

Para pequenos espaços, como os apartamentos e casas menores, o ideal é escolher um suporte menor. Locais com pouco espaço aceitam móveis menores ou médios, enquanto os espaços grandes exigem prateleiras longas para diminuir a sensação de vazio que o tamanho do cômodo causa.

2 – Material do rack para sala

As prateleiras do rack para sala podem ser de MDF, madeira, metal ou vidro espelhado, e a melhor opção para você, vai depender de dois fatores: o tamanho do seu cômodo e os itens de decoração que pretende colocar sobre o móvel.

O rack de madeira é capaz de suportar o peso de equipamentos pesados ​​e a intensa movimentação desse móvel, além de dar um ar mais rústico ao seu ambiente. Já, as prateleiras de MDF, vêm em diversos acabamentos, trazendo leveza ao seu espaço, além de ter boa capacidade de carga e durabilidade.

A prateleira espelhada é uma boa escolha para quem quer criar sensação de amplitude no espaço, mas, são mais frágeis e delicadas. Os racks feitos de metal ou os que combinam esse material com o MDF, podem variar em peso e resistência. Além disso, é preciso avaliar o tipo de uso que o suporte terá.

Considerado um material premium, a madeira é ótima opção para o seu suporte de TV. No entanto, os móveis de qualidade costumam ser mais caros. Como tal, são indicados para pessoas que podem investir mais em um móvel durável, que ficará na família por muitas gerações. E, não dá para negar que as prateleiras de madeira são super charmosas para o seu ambiente.

3 – Sem painel ou com painel?

Mais e mais pessoas vêm escolhendo o rack com painel. Pois, facilita que a televisão seja colocada na altura ideal dos olhos. Para escolher a melhor opção para a sua sala, você tem que pensar sobre a distância que você terá entre a TV e o sofá.

Uma TV pequena fica mais elegante se utilizada sem o painel, tornando-se o centro da composição do ambiente. A TV com mais polegadas, fica ainda mais segura se estiver fixada na parede e, por ser mais leve, ela não é capaz de tombar, pelo fato de não estar apenas apoiada sobre o rack.

Se você optar por deixar a TV em cima do rack, ele deve ser, pelo menos, 50 cm maior que a altura do sofá. No entanto, se você escolher uma opção com painel, fixe a TV a uma altura de cerca de 1,20 m entre o centro da TV e o chão. Nesse caso, você não precisa preocupar-se com a altura da base, e ela pode até ser mais baixa que o assento do seu sofá.

4 – Neutros ou coloridos?

Para os ambientes pequenos, duas estratégias podem ser escolhidas. Uma delas é escolher um rack de cor clara, que ajude a dar uma sensação de amplitude e faça seu espaço parecer maior. Outra possibilidade, é que você prefira um móvel pequeno colorido. Mas, desde que as paredes da sua casa sejam de tons claros.

As salas que são maiores, dão a possibilidade de escolher os coloridos e com tons ainda mais escuros. É melhor evitar aqueles com lados espelhados ou muito claros, se o seu ambiente não tiver sofás ou paredes coloridas, para que não faça o espaço parecer menor.

Contudo, as opções com cores mais neutras, acabam se encaixando melhor em ambientes mais clean. Lembre-se de que, gosto é uma questão muito particular. Então, opte por aquela que mais lhe agrade, tanto visualmente, como no quesito da qualidade que o móvel oferece.

Bom, esperamos que com essas dicas, você consiga escolher a melhor opção de rack para sala. Tornando assim, o seu ambiente ainda mais elegante.

Se quiser outras dicas sobre móveis e decoração, não deixe de acompanhar o blog da Trend Casual Home. Nele, você vai conferir muitos conteúdos como esse.

Te espero lá!

Móveis para hall de entrada: saiba o que não pode faltar

Conheça as melhores opções para ambiente.

Você, alguma vez, já parou para refletir na relevância dos móveis para hall de entrada? Pelo fato de ser um ambiente menor, costuma passar despercebido em muitos projetos. No entanto, é o espaço que faz toda a diferença.

Além da sua responsabilidade de criar a primeira impressão para quem visita a casa, também deve garantir funcionalidade para todos os moradores. A boa notícia, é que existem diversas opções de decoração de hall de entrada, que certamente agregarão valor ao local. Sendo assim, acompanhe nosso novo artigo e confira as dicas que te ajudarão nesse momento!

Por que investir na decoração do hall de entrada?

O hall de entrada, também funciona como um local de recepção da casa. Dessa forma, pode ser um ambiente mais específico e definido, quanto integrar outro cômodo, como por exemplo, a sala de estar. Assim, sua função é recepcionar os moradores da residência e visitantes no momento da chegada e saída.

Ou seja, é aqui que podem ser deixados os casacos, guarda-chuvas, malas, sapatos e até chaves. Não tem nada melhor que você chegar em sua casa e logo se encontrar em um lugar lindo e acolhedor, não é?

Apesar de não ser um espaço comum como a cozinha e a sala, é local de circulação muito grande de pessoas. Por isso, é de extrema importância investir na decoração da entrada do lobby.

Como decorar o hall de entrada?

Geralmente, o hall de entrada consiste em uma pequena área dentro do ambiente residencial. Sendo assim, a sua decoração precisa ser feita com bastante atenção a certos detalhes. Caso contrário, o local pode perder a sua principal funcionalidade. Então, confira bem o que deve ser considerado ao projetar a decoração do seu hall de entrada.

Abaixo, separamos os principais pontos, aos quais você precisa se atentar. Confira:

1 – Estilo Decorativo

O primeiro passo é determinar o seu estilo de decoração. Ele pode ser contemporâneo, industrial, escandinavo, oriental, clássico entre outros. É importante que, o que for escolhido, corresponda ao ambiente.

Por exemplo, se asala de estar tiver um estilo industrial, o hall de entrada precisa, também, seguir este mesmo estilo. Dessa forma, dará uma sensação de harmonia visual e continuidade.

2 – Espaço

Em muitos dos projetos de decoração, o hall de entrada costuma ser integrado a outro ambiente pré-existente. Portanto, é aconselhável marcar visualmente a sua área de alguma forma, mas não dividindo.

Usar outro tipo de revestimento nas paredes é uma boa solução, ainda mais, se tiver uma certa textura, como um revestimento 3D.

3 – Iluminação

A iluminação é um ponto-chave a levar em conta no momento de optar pela decoração do hall de entrada. Recomenda-se usar luz com tom mais suave, pois, cria uma sensação de conforto.

Para potencializar este efeito, utilize iluminação indireta com algum abajur ou lustres. De fato, o uso desses objetos pode agregar bastante charme ao local.

4 – Espelho

O espelho é um elemento essencial da decoração do hall de entrada ou lobby. Pois, todos os moradores da casa podem verificar a sua aparência antes de sair para algum lugar. Além disso, eles também são uma grande estratégia para criar a sensação de maior amplitude no ambiente. E isso, em espaços menores, é ainda mais importante.

Então, procure por modelos de espelhos que mais lhe agradam, de formatos e tamanhos que vão servir no local. Desta forma, definitivamente, você encontrará um tipo de estilo decorativo muito adequado.

Os principais móveis para hall de entrada

Agora que você sabe mais sobre o hall de entrada, vamos te mostrar alguns móveis que são essenciais para a decoração desse local. Confira:

1 – Aparador ou Mesa

Num hall de entrada, para ser completo, não pode faltar o aparador ou alguma mesa de canto. Pois, é aqui que você guarda suas chaves, papéis ou qualquer outra coisa que precise.

Por isso, que é importante decidir primeiro, onde será mais fácil colocar estes artigos quando chegar e onde será mais fácil para recolhê-los quando sair.

Se o espaço da mesa for muito pequeno, procure por uma opção de aparador que ocupe menos espaço e seja mais estreito, ou uma prateleira que possa funcionar como armário lateral.

2 – Bandeja

Semelhante à forma como colocar seus móveis em uma mesa ou aparador, você pode, também, ter objetos decorativos. Uma boa bandeja seria ideal para guardar cartas ou colocar suas chaves.

É aqui que entra a criatividade. A bandeja serve como base para diversos layouts e funções. Até em um pequeno jardim, para apoiar vasos, por exemplo.

3 – Puff ou banquinho

Agora, se você tem o costume de deixar os sapatos na porta, provavelmente precisará de um puff ou banquinho para se equilibrar ao calçar os sapatos.

Além de investir em uma bela sapateira, você vai precisar de um local para sentar e colocar o calçado. Mas, não se esqueça de deixar tudo em harmonia, para não obstruir o fluxo. Geralmente, isso é possível em um hall de entrada um pouco maior. Dê uma boa olhada no seu espaço.

4 – Tapete

Com certeza, não podemos deixar de lado um lindo tapete para tornar o ambiente mais receptivo e confortável. Também é necessário identificar o hall de entrada para definir o tamanho ideal do tapete.

Uma característica muito importante, é que ele ajuda a remover a sujeira dos sapatos antes de entrar em casa e, assim, preservar a limpeza de todo o local.

5 – Cabideiro

A gente sempre usa alguma coisa, não é mesmo? Quase todas as mulheres carregam uma bolsa, toda criança uma mochila e muitos homens mochilas do trabalho. Andamos com eles o dia todo e em todos os lugares, então, assim que chegamos em casa, a primeira coisa que queremos fazer é nos livrar disso tudo.

Por isso, é imprescindível ter um cabideiro no hall de entrada, onde podemos colocar casaco, bolsa, mochila, guarda-chuva etc.

Algumas opções, além de práticas, são bem decorativas. Basta encontrar o melhor para se adequar ao local.

E aí, curtiu essas dicas sobre móveis para hall de entrada? Para conferir mais conteúdos como esse, não deixe de acompanhar o nosso blog!